Quando a morte bate na porta?

AVISO: O que você está prestes é um relato enviado por um leitor do blog!

Andreza era uma garota muito bonita, uma beleza simples mas encantadora. Ela tinha dezesseis anos, tinha cabelos loiros e olhos marcantes e um corpo perfeito, e acho que foi isso que trouxe a morte ao seu caminho. Como de costume ,as 12:30 ela saia do colégio, sempre passando por uma rua nada segura. Nessa rua ela viu um homem alto, bem vestido e muito bonito e por que não dizer encantador. O homem a encarou e depois foi embora.

Carol chegou em casa com aquele homem na cabeça. Não conseguia dormi, não conseguia estudar. Por causa desse homem misterioso. No outro dia, na ida ao colégio ela passou na mesma rua com esperanças de ver o tal homem, mas nada. Na saída já conformada de que nunca mais ia ver o misterioso homem, ele vem falar com ela: ___olá. ela responde.

      ___oi,desculpe incomodar a senhorita mas eu a vi ontem e ...eu vou parecer um idiota mas não consegui parar de pensar em você.
       ___nossa, isso pra mim é um elogio , obrigada.
       ___bom, a senhorita aceitaria tomar um café comigo.
       ___claro, e pode me chamar de Andreza.  
       ___Meu nome é Murilo. Eles saíram, e conversaram. Trocaram telefones e combinaram de sair depois, ele tinha 20 e ela 16, mas ela não ligava. Começaram a namorar e Andreza não poderia está mais feliz até começar a ver como Murilo era na verdade. Muito ciumento e agressivo, falou para ela se afastar de suas amigas e não a deixava sair de casa.

Então ela decidiu terminar o namoro. Murilo inconformado foi a sua casa tirar satisfações, afinal para ele ela era sua propriedade. Ele então invadiu a casa de Andreza e a viu dormindo, serena, ele não acreditara que ela fosse capaz de deixá-lo. Então ele decidiu que ela deveria sofrer. Pegou uma faca e a amarrou. Andreza acordou atordoada e levou um grande susto quando viu Murilo ali ao seu lado. Passando a mão em seu corpo. 


Andreza ficou com medo e gritou.

 ___Murilo!! 
 ___não fique com medo meu amor, quero me certificar de que nenhum homem a tenha como eu a tive. Ele começou a tortura-lá e a dor era tanta que Andreza não conseguia nem gritar. Ele cortou seu rosto que a deformou.parecia que aquilo o excitará. Ela via o prazer em seus olhos, via como ela se certificará de não deixa nem uma parte de seu belo rosto impune. E ela só conseguia se perguntar de como alguém pode ser tão cruel. Andreza desmaiou com a dor e nunca mais acordou. Murilo se suicidou, pois apesar daquilo ele amava Andreza incondicionalmente , Andreza é uma alma perdida, inconformada. Sua vida foi tirada de uma forma tão cruel por um motivo tão estúpido. Hoje a alma de Andreza vaga por ai. Deformada , horrenda e com sede de vingança.


Autor Anônimo...

Comentários